Artigos

06/09/2017 12:21

ÁGUA É VIDA

O PV não será conivente com a precariedade no fornecimento de água, e os serviços inconsistente de saneamento prestados pela concessionária CAB-Cuiabá.

A Câmara de Vereadores de Cuiabá, que já aprovou a concessão da água e do esgotamento sanitário em 2012, está prestes a apoiar mais um relatório conivente com a situação precária em que se encontram os serviços de abastecimento de água e esgotamento na Capital, que desde abril, do mesmo ano de aprovação, esta sobre a responsabilidade da concessionária CAB-Cuiabá.
O Partido Verde (PV), representado na Câmara por mim e pelos dois suplentes que vão assumir nos próximos 60 dias, Jesus Lange Adrien Neto (Zito) – que já responde como vereador e o próximo que irá assumir,Rogério Varanda, firmamos o compromisso de votar contra o relatório apresentado pelo Vereador Renivaldo Nascimento, presidente da CPI- Comissão Parlamentar de Inquérito e pelo relator Chico 2000.
Espantosamente, a CPI não observou nenhuma irregularidade nos serviços da Cab Cuiabá, mesmo sendo de conhecimento público que a falta de água e de rede de esgoto na Capital tem se tornado um problema crônico.
O contrato de concessão prevê que os serviços de abastecimento de água devem ser universalizados em três anos, enquanto o de esgotamento sanitário deve chegar a todas as casas em, no máximo, 10 anos. É nítido que a empresa não conseguirá alcançar o prazo proposto.
O compromisso de beneficiar a população cuiabana com melhorias na saúde, com água e esgoto tratados, além da revitalização do rio Cuiabá e suas nascentes, firmados pela concessionária se tornam cada vez mais distante.
O desenvolvimento de Cuiabá também vem sendo prejudicado pelo atraso no tratamento da rede de esgoto. Exemplo disso, bairros Pedra 90, Novo paraíso II e Jardim Umuarama, Jardim Vitória (etapas I, II e II), Jardim Florianópolis , Jardim União e Dr. Fabio que serão contemplados com 121 milhões em recursos direcionados a pavimentação asfáltica, no entanto, me pergunto: será que este asfalto terá que ser recortado após o término para passar o sistema de esgoto?
O valor já foi aprovado pela Caixa e as obras terão inicio, afirmou o Prefeito Mauro Mendes, que também pontua o descontentamento com os serviços da CAB.
Zito que está como vereador em exercício externou claramente, em nome do Partido Verde, que não aceitará um simples pedido de verificação de documentação como resposta a CPI, e cobra da concessionária medidas emergências para solucionar a ausência de água e o descaso com o sistema de esgoto em nosso cidade, que esta preste a cometer uma falha gravíssima, nos locais que serão beneficiados com asfaltamento.
A água em Cuiabá é um problema histórico e a Câmara de Cuiabá precisa cumprir o seu papel de fiscalizar e colaborar para a regularização do seu fornecimento. Tenho visitado muitos bairros, onde falta água em escolas, creches provocando até o cancelamento do expediente. Residências que tem o liquido somente através do fornecimento do carro pipa, não podemos fechar nossos olhos para esta realidade e reafirmo que o PV não será conivente com o desaparecimento da água em Cuiabá.

Mário Nadaf é vereador licenciado, Jesus Lange Adrien Neto (Zito), vereador em exercício, Rogério Varanda, vereador suplente.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo